Acumulação capitalista, Estado e reprodução de força de trabalho: o trato teórico-metodológico da política social

Angely Dias da Cunha, Bernadete de Lourdes Figueiredo de Almeida, Elizangela Paulino S. Buriti

Resumo


Resumo: Esse artigo de cunho qualitativo, de caráter exploratório e descritivo que se alicerça em uma revisão bibliográfica tem o objetivo de analisar o modo de produção capitalista, como acontece o processo de acumulação e reprodução e as inflexões para o papel do estado e da política social, a ênfase é nos períodos marcado por crises que provocam transformações societárias que impactam o mundo do trabalho e das relações sociais. O método crítico-dialético utilizado nessa pesquisa se debruça sobre as categorias mediação, historicidade e dialética com o propósito de desvendar a realidade para além da aparência e aprofundar as análises sobre o capitalismo. Como resultados apontamos que as crises capitalistas provocadas por suas próprias contradições o tem dimensionado o trato teórico-metodológico da política social.

 

Capitalist accumulation, State and workforce reproduction: the theoretical and methodological treatment of the social policy

 

Abstract: This qualitative nature of an article, exploratory and descriptive character which is based on a literature review aims to analyze the capitalist mode of production, as the process of accumulation and reproduction and inflections to the role of the state and social policy, the emphasis is in periods marked by crises that cause societal changes that impact the world of work and social relations. The critical-dialectical method used in this research focuses on the categories mediation, historicity and dialectics in order to unravel the reality beyond appearance and deepen the analysis of capitalism. The results point out that the capitalist crisis caused by its own contradictions has scaled the theoretical-methodological treatment of social policy.


Palavras-chave


acumulação capitalista; Estado; política social

Texto completo:

PDF