Questão ambiental, reforma agrária e agroecologia: desafios políticos ao MST

Mônica Grossi

Resumo


Resumo: Delimitamos como objeto de estudo deste artigo a discussão sobre a relação entre questão ambiental, reforma agrária e a construção da agroecologia como estratégia produtiva e política, assumida pelo movimento dos trabalhadores rurais sem terra - MST.  Pretendemos analisar, como o MST, através de seu processo de luta, vem construindo a agroecologia como estratégia produtiva e política trazendo contribuições e desafios políticos para a defesa de sua proposição em torno de uma reforma agrária popular.

 

Environmental issues, land reform and agroecology: political challenges to MST

 

Abstract: We have delimited as object of study of this article the discussion on the relationship among environmental issues, land reform and the construction of agroecology as productive and political strategy, assumed by the movement of the landless rural workers – MST. We intend to analyze how MST, through its wrestling process, has been constructing agroecology as a productive and political strategy, bringing contributions and political challenges to defend its proposition around a popular agrarian reform.


Palavras-chave


questão ambiental; reforma agrária; agroecologia; MST.

Texto completo:

PDF