Uma análise sócio-histórica sobre a instrumentalidade profissional no serviço social

Lindamar Alves Faermann

Resumo


Este artigo oferece uma análise sócio-histórica sobre a instrumentalidade profissional no campo do serviço social brasileiro. Busca explicitar os elementos teóricos, técnicos e políticos presentes nesta discussão atrelados ao movimento contraditório da realidade social. O texto centra-se em duas partes articuladas e complementares. A primeira elucida o modo como a instrumentalidade foi apreendida e utilizada nos primórdios da profissão à década de 60. A segunda faz essa análise no contexto da renovação profissional à implementação das Diretrizes Curriculares de 1996, problematizando a temática na atualidade, tendo como eixo analítico a nova proposta de formação profissional.


Palavras-chave


Serviço Social; instrumentalidade profissional.

Texto completo:

PDF