Relações de gênero nas famílias inseridas no Programa Nacional de Produção de Biodiesel na Região Nordeste do Brasil

Haudrey Germiniani Calvelli, Maria das Dores Saraiva de Loreto, Érika Cristine Silva

Resumo


O estudo em questão objetivou examinar as formas de manifestação das relações de gênero nas famílias produtoras de mamona na Região Nordeste do país, inseridas no Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB), considerando a realidade cotidiana vivenciada pelas mulheres, em termos das atividades realizadas. A partir de uma perspectiva de gênero, foram realizadas entrevistas narrativas e observação participante. Conclui-se que a lógica do PNPB apresenta uma postura neutra em relação à perspectiva de gênero, com limitada inserção da agricultura, onde as desigualdades de gênero são ainda mais visíveis, fazendo-se necessário “desnaturalizar” os modelos tradicionais de relações de trabalho das famílias rurais, que demarcam lugares antagônicos e segregados para homens e mulheres nos processos produtivos e decisórios.


Palavras-chave


cotidiano; gênero; agricultura familiar; política pública.

Texto completo:

PDF